Monday, January 19, 2009

Pela estrada da vida






A vida é uma estrada.



Não se sabe o tamanho do percurso nem a duração da viagem.

Pode ser longa ou curta.

Com transito fluindo livre ou engarrafamento.

Momentos de declives e aclives.

Ultrapassagens perigosa, buracos, lombadas, acostamento perfeito ou imperfeito.

Abismos, acidentes, atropelamentos. Lindas paisagens, ar puro, sol e chuva.

Via de mão dupla ou única.

Amigos dando sinal de luz para alertar, ajudar.

Buzinadas suaves ou assustadoras.

Na estrada....da vida, também precisa paciência, prudência, atenção, tolerância.

Cuidados consigo e com o outro.

Parada para revigorar o caminhar.

Tem retas que parecem fáceis de seguir, mas podem facilitar um cochilo e sair do prumo.

Curvas acentuadas, pistas irregulares.

Encruzilhadas, retornos, várias saídas.

Fluxo intenso ou moderado.

Na vida tem muitas estradas.

Siga, pare, sempre com atenção.

Sinais não faltam para essa viagem, para esse caminhar.

Fique atento.

Sua vida depende de como você a guia.

Você é o motorista, está na direção da sua vida.






O belíssimo texto acima recebi como um presente da minha amiga Paula do blog Pensamentos e fotos há algum tempo, num ato egoísta guardei algum tempo só para mim e agora divido com todos aqui ..........

A minha amiga Paula, obrigado é muito pouco, beijos !!




26 comments:

paula barros said...

Ai, me ler aqui parece que sou outa pessoa. rsrs. Quando crescer quero ser igual a você.

depois continuo....obrigada pelo carinho. beijo

Codinome Beija-Flor said...

Que fantástica essa "viagem" que vocês fez aqui Paula.
Você é você onde quer que seja.
Bjs

tossan said...

Olha a Paula aí...Belo texto. Abraço

Vivian said...

...quem é GRANDE pode
dividir-se em dois.

o lindo blog do Zek,
e a inspiração da poetisa.

que lindo!

bjus aos dois!

Cleo said...

Paula sempre transcendendo no que escreve e agora no espaço dos blogs também. Parabéns para ela e para você que nos brinda com esse texto..
Beijos e feliz semana.
Cleo

Avassaladora said...

Parabéns, Zek, por receber um texto assim de presente. Só pra vc...
E que bom que agora resolveu dividí-lo conosco!

Paula Barros! Que Gracinha vc... Sempre tão generosa!
Tão cheia de amor... Transbordante!!!

Beijos e carinhos aos dois!

Elcio Tuiribepi said...

Não resisti...rs

Distração

Linha reta...tracejada
Pare...escute
Cuidado...curva perigosa
Pista escorregadia
Devagar...Cruzamento
Atenção...sentido proibido
Pare...não avance o sinal...
Não durma...
KABRRRUUMMMGBRRERRTTRHUMMMM

Um abraço na alma...to voltando...e a pé amiga...valeuuuu..boa terça para você...

Poeta Mauro Rocha said...

O importante é ter certeza de que é essa a estrada, o que ela trará, só as curvas dirão.

Um abraço!!

Mai said...

Viajar e ainda junto a amigos, deve ser uma delícia, uma festa, uma folia.
Paula, as estradas também têm atalhos.
E nos atalhos, outras trilhas.
As possibilidades são inúmeras e, o que é melhor - cada um pode escolher os seus roteiros, frente a vida.

Abraço carinhoso em ambos.

Déia Arakaki said...

Lindo texto da paulinha!!
Zek obrigada por dividi-los conosco!!
beijos

Amarísio Araújo said...

Belíssimo mesmo o texto da Paula.
Ainda bem que você o publicou.Agradecido.
Parabéns pelo belo espaço.
Um abraço.

Sedokao Morutaru said...

Olá, lindo texto, tão suave, e doce.

Violeta said...

com efeito a via é uma estrada por nós guiada...

Carla said...

bela viagem pela "estrada" da vida.Parabéns
beijos

Camila said...

Que lindo texto! A Paulinha é mesmo incrivel, né! Vocês juntos é uma maravilha.
Voltei, viu? Melhor, sem traumas!
Um beijo grande

Everson Russo said...

Paulinha nos faz viajar a cada dia com seus poemas, suas ideias e suas traduções, nessa estrada que a vida nos dá é bom poder ter encontrado pessoas tao sensiveis quanto ela...parabens pelo post....

paula barros said...

Oi, Zek

Venho ler os comentários, e fico olhando a estrada. Tem lugares nessa estrada que é um tunel de árvores da mata atlântica.

Sábado ou domingo estou nela de novo vou buscar minha filha que está em Tamandaré. Uma praia linda.

um beijo

Tatiana said...

Em palavras as estradas da vida ganharam mais encanto...
Ler a Paula e conhecer o seu blog tornaram o dia melhor.

Um abraço carinhoso nos dois

Mario Rodrigues said...

Oi caro amigo.

Vim atras de um link e estive lendo algumas coisas. Gostei e desejava voltar. Posso?

Uma ótima semana

Abraço amigo

Mário Rodrigues
estreladosul.blogs.sapo.pt

Branca said...

Visitando aqui através do link da Paula... que bom que vim, adorei seu espaço...
Obrigada por partilhar esse lindo texto conosco...

bjos.

Quase Trinta said...

A Paula arrassa mesmo...
A vida é uma estrada e nessa estra eu tive o prazer de encontrar o blog da Paula e ter o prazer de ler sempre

Ruberto Palazo said...

Cheio aqui seguindo a Paula pela estrada da vida,mas ao chegar me hipnotizei por tais palavras e a perdi de vista.... ou nao!! Na vida seguimos varias estradas assim como nossos amigos, as estradas se cruzam inumeras vezes, por isso que nao tenho medo de perde-la, pois sei que logo a encontrarei. Por hora, sigo minha estrada sem rumo, sem direção, sem destino ou com todos eles juntos.... carrego comigo a felicidade estampada no meu sorriso, mesmo sabendo que a tristeza me acompanhará as vezes, ela jamais expulsará a felicidade instalada em mim.

Abraços

Elcio Tuiribepi said...

Fique a vontade amigo...já postei sim, mas se quiseres, será um prazer...um grande abraço viu!! E apareça sempre que puder...

Instinto Erótico said...

a vida é uma estrada e eu adoro dirigir!

bjos

paula barros said...

Zek e todos os que aqui deixaram o carinho, vim ler os comentários e fico viajando na emoção.

abraços e beijos

Uma aprendiz said...

Oi, Zek

Perdoe-me a invasão, mas costumo passar pela estrada da Paula.
Hoje estive por lá e li uma placa indicando esse atalho. Gostei muito.

Se me permitir voltarei outro dia para apreciar a paisagem.

beijo