Thursday, August 7, 2008

Cada um com o seu quadrado



Cada um com seu quadrado
Vivendo isolado.
Num mundo fechado.
Pobre ou abastado.
Nem sabe que é um coitado.


Cada um com seu quadrado.
Seguindo alienado.
Tendo seus olhos privados
E seus ouvidos tapados.
No seu condomínio vigiado.


Cada um com seu quadrado.
Cada qual em seu lado.
Em pé, sentado ou deitado.
No eterno retângulo cortado.
Que é o ser estereotipado.

13 comments:

O tempo transforma você!!! said...

Cada um no seu quadrado me fez imaginar um passarinho engaiolado. Vivendo na prisão e imaginando o quanto seria bom um dia poder desfrutar da imensidão, que é está fora do quadro que lhe disseram que era bom.

Mony said...

Olá,

gostei...
infelismete muitas pessoas vivem assim fechadas no seu mundinho.

Beijos

Dois Rios said...

Essa é a dura realidade. Cada vez mais nos fechamos em nosso "universo" e convivemos menos com quem está ao nosso redor.

Beijo,
Inês

Bandys said...

Oi,
Cada um com seu quadrado me fez refletir...
Adorei.
Beijos

Chá de Fita said...

AS ENERGIAS SE APROXIMAM MAIS NÃO SE MISTURAM...
SAIR DA ZONA DE CONFORTO É PRA POUCOS!!!

Olirum said...

Adooooooooro a dança do quadrado
askoaskopasopkaspkokopas

boa quintaa

paula barros said...

É tão difícil
Sair do quadrado
Romper o espaço
Tirar o laço
Desamarrar o abraço
Aproximar os quadrados
Trocar os lados
Entrar nos demais espaços
É tão difícil criar outra formas
Para tornar o quadrado
Menos quadrado

Cada um no seu mundinho.
Ficou excelente.
abraços

Polêmica said...

tem gente que esquece que vivemos em sociedade mesmo e vive só no teu mundo, no seu próprio quadrado!

Beijos!

Poeta Mauro Rocha said...

É Zek, antenado ao tempo presente aonde nos dá um presente para ser pensado e analisado por um prisma Anglo-Saxônico.Gostei do poema.

Um ótimo fim de semana.

Um abraço!!

Carla said...

euescolho o vermelho
bom fim de semana
beijos

Dando a Bunda pra Bater said...

De certa forma, a vida anda assim mesmo: cada um com seu quadrado. Mas admito que prefiro as "redondinhas".

Sou o DB, novo integrante do DBB. Abração.

DB.

Ela said...

Deste texto... eu simplesmente assino em baixo.

Abraço

O Profeta said...

Errantes sentires percorrem
Este corpo nu de calor
Queda-se a vontade ao vento
Neste deserto de verde amor

Ai este grito contido
É lava rubra em minha garganta
Pio de pássaro preso às penas
Uma reza a fugir de alma santa


Boas férias


Mágico beijo