Thursday, August 21, 2008

Mais alguem


Há quatro mãos, é quando escrevo sobre o que outras pessoas escrevem, e agora o que outras pessoas escrevem sobre o que eu escrevo .......



liberdade
intimidade
completude
encaixe
toque
amor,


PS: Inês do blog dois Dois Rios.
Pensando:
Alguém...
Para se valorizar...
Para dar beijinhos...
Para acordar juntinho...
Para viajar...
Para desamassar a alma (rsrsr)...
Para trocar idéias...
Para ser alguém....

PS: Paula do blog pensamentos e fotos

13 comments:

Poeta Mauro Rocha said...

Quantas mãos e assim a escrita faz história!!

Um abraço!!

mOnI said...

ideias comuns? geralmente quem escreve se identifica. beijos

tagarelando said...

Tudo começa ou termina pela mão ?
É um encontro desencontrado.

paula barros said...

Zek, não vim antes por falta de tempo.
Você é muito especial, na sua forma de ver, de sentir, de valorizar o outro, de incentivar, de ler, de escrever...
Fiquei emocionada.
Quando venho aqui, o que escrevo é de coração e sai, sem pensar, sem planejar...é quando somos tocados na alma, não é?
abraços, e um final de semana maravilhoso. OBRIGADA, por lá, por cá. bjs
------------------------------
Dois Rios
Gosto muito da forma de Dois Rios escrever, me identifico muito também.
--------------------------------
E assim...
Alguém
Para interagir
Para incentivar
Para nos ler
Para nos enxergar
Para nos valorizar
Para ser amigo
Para escrever com muitas mãos
Para se dar as mãos
Para caminhar na vida
Para ser...


Desejo muitas felicidades!!!!

Dois Rios said...
This comment has been removed by the author.
Dois Rios said...

Zek, meu querido,

Você diz que escreve a quatro mãos e eu diria que nesse caso você escreveu a três corações: o seu, o meu e o da Paula.

Não é a primeira e sim a terceira vez que vc me acarinha: "Mais Alguém", "Sem Nada Pra Dizer" (que só tive a chance de ler agora), e "O Mar e o Luar".

O Dois Rios é regado pelas palavras dos outros, que na maioria das vezes as tomo para mim. Uma vez a Mdsol escreveu num comentário que "Quando se escolhe um texto também nos mostramos." Talvez esteja aí a minha forma de mostrar-me, já que não tenho jeito para escrever.

Enfim, as palavras que nos regem são:

empatia

leveza

poesia

gentileza

troca

beleza

carinho

amizade

reconhecimento.

Gosto muito também do blog da Paula e sinto-me agracidada de ver-me ao lado dela nessa ternura de homenagem.

Te deixo o meu beijo de encantamento,

Inês

Zek said...

Pois saiba que aqui você escreveu e muito bom, com sentimento e leveza Inês, todos aqueles que lêem podem ver como é lindo e suave a poesia que está aí dentro!

Moni.... isso é bom, poesia fluindo!!

Tagarelando.. e não é que a gente vive se encontrando e desencontrando rsrsrs

Paula ... é assim, poetisando, cantando, sonhando juntos... o que te escrevo é sincero, fruto da inspiração.

Olirum said...

vc sempre escrevendo muito bem!
Adoro o jeito como escreve!

paula barros said...

Relendo. Pensando.
abraços e um domingo bem especial.

Jamille Lobato said...

E que sua escrita não desapareça. Perpetue.

Canto da Boca said...

... E vira um fio de Ariadne, uma interpretação dá vida a outra, a outra, e a mais outra... E tecem belas linhas.
;)

Camila said...

Histórias á quatro mãos são ótimas!
Sempre q posso escrevo com outras pessoas.
Beijoo
=)

Poeta Mauro Rocha said...

Gostaria de dizer que fico muito feliz por todos que comentam ou já comentaram ou até os que tiveram a intenção de comentar meus poemas, e de dizer que o poema "Veste" é o último aqui apresentado, pois como no poema, estou precisando vestir minha alma, admiro a todos que estão nos meus favoritos, pois são pessoas que fazem um trabalho bacana, bonito e gostam de coisas boas, pessoas especiais pelo simples existir.Quero pedir desculpas se em algum momento fui rude ou desrespeitoso.Quero que todos saibam que aprendo e aprendi muito com o que todos fazem e tenho ainda muito a aprender.Saio de cena hoje, para quem sabe voltar amanhã.Muito obrigado, obrigado de coração!!

Poeta Mauro Rocha