Tuesday, November 4, 2008

O olhar no deserto

Na solidão da noite
Minha radiola toca tristeza.
Em dias cinzas.
Das pessoas recebo aspereza.

Olhos mudos que vagam.
Lagrimas que calam.
No árido deserto da vida.
Perece minha mirada combalida.

Ainda que perscrutando.
O céu, claro e castanho.
Suave, mas tocando.
Meus olhos, dois pontos estranhos.



Eu procurei pela foto ideal mas por mais que tentasse não a encontrei, então que as palavras sejam por si só o veículo.

11 comments:

Allana said...

Nossa adorei... talvez pelo fato de eu estar um pouco assim ... cinza...

E estava com a mesma dificuldade ... de expressar ....

Belas palavras...

paula barros said...

Tem poemas que carregam uma carga emocional nas palavras que despensam fotos, assim é o seu poema.

Forte. Profundo. Remexe sentimentos. Mesmo carregado de tristeza, me encanta a forma poética e criativa de se expressar.


"Minha radiola toca tristeza"

"Olhos mudos que vagam.
Lagrimas que calam."

"O céu, claro e castanho."

É um crime pegarmos um belo poema e ressaltar algo. Mas assim o faço, mesmo elogiando o todo do poema, para lhe dizer que essas frases me tocaram mais ainda.
Fico parada pensando, que criatividade desse rapaz.

abraços, abraços

HSLO said...

Obrigado pela passagem no meu blog. E obrigado mais ainda pelo conselho..viu.
Gostei demais desse poema. Pura sensibilidade.


Abraços

Te add em meus favoritos viu.

Bandys said...

Zek,

Olhos mudos que vagam.
Lagrimas que calam.
No árido deserto da vida.
Perece minha mirada combalida

Amei!!
Não tenho medo do fracasso, porque só pode ser mais um...rsrsrs
Beijos

Carla said...

pensei numa foto bela para este olhar mas nao a encontro...um deserto que nos corta a alma com um frio gelado
intensas as tuas palavras

Poeta Mauro Rocha said...

Pontos estranhos e tão ligados, poema muito interessante e bem feito.Parabéns!!!

Um abraço!!

Diego Martins said...

o céu claro e castanho... impressionante isso... pra mim esse céu pode ser o olhar da pessoa que eu mais gosto...

Ah! valeu pela visita rapá!
abração!

O ANTAGONISTA said...

Gostei do teu blog, passei aqui para agradecer a visita lá no meu e acabei lendo alguns posts.... muito bons.

Valeu.

GUILHERME PIÃO said...

Radiola e perscrutando são hilários...ehehe
Gostei...
Abraços

Camila said...

Odeio dias cinzas... e os meus ultimamente insistem em se pintarem desta cor.
=/
Beijo

Raphael Rap said...

É impressionante como o uso das palavras pode indicar tanta coisa diferente... cinza é por exemplo uma cor que quer dizer tanta coisa...

Muito bom cara. Parabéns!