Thursday, July 30, 2009

A vida nos trilhos

Desde pequeno minha vida sempre foi diferente da maioria, sempre !! meus pais eram separados, eu morava em um bairro pobre mas estudava em colégio particular, freqüentava uma igreja evangélica com minha avó aos domingos, sabia diversos versículos de cor entre outras coisas.

Tempos depois, seguindo a linha " diferente da maioria", fui estudar no centro de São Paulo, próximo ao trabalho da minha mãe. Todos os dias eu saía bem cedo de casa com a minha mãe e após uma maratona de ônibus + trem + metro lá estava eu na escola.

Diante disso um elemento se tornou comum para mim, o trem. Mais que o metro que corta toda a cidade São Paulo, o trem faz a interligação entre os bairros que compõe a " Grande São Paulo", os bairros da periferia, e os pequenos municípios que aos poucos foram engolidos pela megalópole.

Há características peculiares como por exemplo a relação publico x horário, de manha é formado por trabalhadores que fazem essa " migração pendular" para seus trabalho, você encontra todos os tipos de trabalhadores .. de engravatados a pé rapados, mas ainda assim é algo um tanto homogêneo.. é uma massa mesmo que lembra a musica do Zé Ramalho.

A noite é um público pseudo-inteligente formado por universitários que estão retornando da faculdade, percebe-se claramente os grupinhos de alunos, cada um com seu papo, hora descontraído hora discutindo sobre problemas na faculdade, eu já fiz parte deste publico também.

Aos finais de semana as famílias aproveitam para passear, em eventos percebe-se a massa novamente utilizando o meio de transporte para se divertir. Me arrisco a dizer que o trem é como uma nação, tem linguagem moeda e cidadãos próprios, há uma cultura empírica que somente aqueles que fazem uso deste meio de transporte compreendem.

Há linguagens verbais e não verbais, como a dos vendedores ambulantes, dos pedintes, dos seguranças, dos cegos que cantam para ganhar algum trocado ... dos artistas que se pintam, dos repentistas e das infinitas tribos que fazem de lá sua oca temporária.

5 comments:

Marcela Fernanda said...

Acho que so andei de trem uma vez ¬¬" Aqui em Recife temos metrô, mas mesmo assim o ônibus eh o mais usado. Oq nao nos tira certas experiências e compreensões dos usos (e costumes) dos transportes coletivos ;)

In pressões said...

A oca nada ôca... Adoro ler os "olhares" dos outros sobre o dia-a-dia. Vira poesia! Abraços!

menina fê said...

público peseudo inteligente foi ótimo... o pior é que é verdade!

rsrs

querido, voltei.
bj no coração da fê =D

menina fê said...

ops: pseudo!

=D

nana said...

That's actually really cool!AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色