Monday, July 14, 2008

A pior solidão, é a vivida a dois.
No pior estilo feijão com arroz.
Deixando o agora para depois.


Viver é compartilhar.
Só tem quem aprende a dar.
Como o rio que se entrega ao mar.



8 comments:

Poeta Mauro Rocha said...

Poemas interessante, com rimas legais, lembra filosofia de bar, mas se reparar direito é filosofia da vida.Parabéns.

um abraço!!

Ju said...

concerteza a pior solidão é a dois, te deixa adormecido, o melhor é se livrar de vez, viver.

bjs

Cafajeste said...

Sobre solidão, sempre lembro-me de Gabriel Garcia Marquez, muito bom..

paula barros said...

Zek
Estava a falar sobre o estar só por opção e a solidão a dois, essa incomoda demais.
Ficou muito interessante a forma de colocar a realidade. E fazer pensar.
abraços

Rosane said...

É como disse Nietzsche: "Odeio quem me rouba solidão sem em troca me oferecer verdadeira companhia."
Nada pior do que isso. As pessoas estarem com vc, mas vc continuar só.
=/

Negâ said...

"Pior solidão é a dois"
"Feijão com arroz"

Perfeito, não tem nada pior em um relacionamento, do que feijão com arroz.
Uso sempre uma frase que veio a calhar "Antes só, que mal acompanhada", " Antes sofre sozinho, que sofrer junto".
Zek Beijãooo para ti garoto.

:D
:)
:H

Canto da Boca said...

Sem entrega, há possibilidades de se viver a dois, três, dez, doze?
;)

Ela said...

Solidão a dois é um negócio complicado.
Antes só do que mal acompanhado ( clássica!)